Idáira Amoretti

Psicanalista e Psicóloga

  • Formada em Psicologia pela Universidade Federal de SC em 2001
  • Especialização em Psicanálise pela Faculdade Estácio de Sá de São José/SC
  • Formação em Psicanálise pela Instituição Maiêutica de Florianópolis/SC
  • Participante da Escola de Psicanálise Laço Analítico de Florianópolis/SC
  • Profissional de Clínica Psicanalítica desde 2005

Nascida no Paraná, criada no Rio Grande do Sul e adotada por Santa Catarina, aos 15 anos de idade (1992) iniciei minha vida profissional como auxiliar de sala no Colégio Aurora, de Caçador, SC.

Dois anos depois cheguei a Florianópolis para cursar Psicologia na UFSC, atuar como professora auxiliar na APAE de Palhoça (crianças com paralisia cerebral e autismo) e mais tarde cumprir estágio na pediatria do Hospital Universitário.

Após cinco anos e meio de experiência na área infantil, o universo adolescente começou a ser desvendado por meio de um Projeto de Orientação Sexual Continuada, envolvendo alunos de escolas públicas e com duração de dois anos.

Diplomada psicóloga em 2001, dois anos depois recebi o convite para atuar na área clínica na cidade de Videira/SC. A grande demanda de adultos foi uma grata surpresa. Além de crianças e adolescentes, agora homens e mulheres chegavam ávidos por melhores resultados em suas vidas pessoais e profissionais.

Entretanto, no final de 2004, retornamos em função da não adaptação de um de nossos dois filhos ao clima frio e úmido da região.

Com consultório instalado em São José e prestando consultoria em escolas, 2005 marcou uma etapa de retomada profissional, sendo que a experiência acumulada gerou entrevistas e matérias para jornais, revistas e TV’s da Capital.

Essa facilidade de contato com o público dos meios de comunicação resultou no convite para a participação semanal no quadro "Pais e Filhos" do programa “Ver Mais” da RICTV, que completou um ano no ar em abril de 2014.

Após 22 anos de atuação profissional, desde as primeiras pessoas que confiaram àquela menina de 15 anos os seus medos e sonhos, continuo me sentido convocada pela Psicanálise e confirmando todos os dias que é sempre muito bom fazer o que a gente ama.